HITT e Arduino…

ou perdendo uns quilinhos com o auxilio do Arduino!

Recentemente fui apresentado a um tipo de treinamento aeróbico chamado “Protocolo Tabata”, cujo objetivo é otimizar a queima de gordura corporal, sendo um tipo de HITT (High-intensity interval training – Treinamento de Intervalo de Alta Intensidade).

Basicamente, o Tabata consiste em 8 ciclos de treino em bicicleta ergométrica, alternando-se intervalos de 20 segundos de trabalho intenso (intenso mesmo) seguidos de 10 segundos de “descanso”. Ao final do post e a título de curiosidade, deixo alguns links sobre o Tabata e assuntos relacionados, lembrando que

atencaotoda e qualquer prática de exercícios deve ser precedida de liberação médica e acompanhamento por profissionais  habilitados/especializados.

Bem, como este não é um blog de fisiologia – e você já deve estar surpreso em encontrar um assunto desses por aqui –, vamos para a parte mais legal que é onde o Arduino se encaixa nesta história. Continue lendo “HITT e Arduino…”

Projeto: Robot 01 – parte I

Estamos iniciando uma sequencia de artigos com projetos de robôs de fácil e média construção. A ideia é mostrar as experiências bem e mal sucedidas durante e após a conclusão da montagem e sempre que possível, com material de baixo custo e fácil obtenção.

Para este primeiro projeto usamos um misto de materiais para a construção da estrutura. Vários itens da Modelix (rodas, barras, conectores, parafusos e porcas), cartões de PVC  usados, papel cartão, cola, tinta de artesanato, etc.  O material usado foi o que estava em mãos e são apenas uma referência. Veja também outros materiais como Lego, K’Nex e Meccano.

O material eletrônico:

  • um placa compatível com o Arduino Duemilaenove
  • um motor shield da Flamingo EDA (adquirido através do e-bay)
  • um ultra sonic sensor da SeeedStudio
  • dois motores DC de 12 volts da Multcomercial
  • um ball caster da DFRobot
  • um servo motor TG9 do Mercado Livre
  • uma bateria de 12V da DX

Funcionamento

O algoritmo é simples. O programa faz a leitura do sensor ultra-sônico e se a distância medida do objeto for menor que a ajustada, movimenta o servo para esquerda, centro e direita do robô, caso contrário, movimenta o robô a frente.  Em cada movimento (esquerda, centro e direita) faz a leitura da distância e armazena este valor. O programa então seleciona a maior distância e movimenta o motor para esta posição e tudo se repete.

Montagem

Nas imagens a seguir é mostrado alguns passos da montagem.

Obs. as imagens estão com maior resolução do que as mostradas abaixo. Clique com o botão direito do mouse na imagem e selecione “abrir em nova guia” ou algo semelhante.

uma parte do material utilizado
uma parte do material utilizado

O suporte do servo também foi confeccionado com um cartão de PVC e algumas tiras de metal Modelix

montagem do suporte do servo
montagem do suporte do servo

Motor fixado no suporte de cartão PVC  já cortado e pintado. O ball caster foi quase na medida 🙂

fixação do motor e ball caster
fixação do motor e ball caster

Montagem do chassi com várias tiras Modelix. A bateria foi fixada com fita adesiva dupla face.

robot01_construcao_04

A base para o circuito e para as conexões auxiliares foram confeccionadas com papel cartão (papel que vem no verso de fascículos).  Foram coladas 3 a 5 folhas. Ótima resistência mecânica. Só não resiste a uma chuva 🙁

material auxilar
material auxilar

A primeira versão pronta!

aspecto final da montagem
aspecto final da montagem

“What’s Hot” 🙂

  • o uso de um shield para controle dos motores facilita muito as conexões. Vejam que ficou poucos fios “voando” pelo protótipo

“What’s Not” 🙁

  • o uso do shield impossibilitou o uso da biblioteca servo.h – conflito no uso dos pinos.
  • problema até agora encontrado com relação ao movimento do robô: a altura do sensor ultra-sônico – nem baixa para evitar tropeços e nem alta para evitar bater o circuito (vejam na imagem acima, inferior esquerda)

O vídeo

O protótipo está de volta a oficina para novas implementações. Aguardem!

Alarme

Neste projeto utilizamos os bricks reed switch, buzzer, relé e a placa Revolution, todos da Empretec (veja o review aqui).

bricks utilizados
bricks utilizados

Resultado esperado:  ao aproximar o  imã do reed switch, os contatos deste brick se fecham disparando o buzzer e fechando os contatos do relé. Como exemplo de aplicação deste alarme, instale o reed switch em uma porta ou janela.

Continue lendo “Alarme”