Robôs – LS3

O robô LS3 – Legged Squad Support Systems, um quadrúpede desenvolvido pela Boston Dynamics, é realmente impressionante. Não só pela forma como a tecnologia embarcada. A Boston Dynamics é uma empresa que atua e desenvolve junto a algumas áreas governamentais do Estados Unidos  como a Marinha e o Departamento de Defesa. Vale a pena uma visita ao site para conhecer os outros projetos: http://www.bostondynamics.com/.


Tão impressionante quanto, agora pelo lado humorístico, vejam no segundo vídeo uma paródia de um outro projeto chamado Big Dog.


Projeto: Robot 01 – parte I

Estamos iniciando uma sequencia de artigos com projetos de robôs de fácil e média construção. A ideia é mostrar as experiências bem e mal sucedidas durante e após a conclusão da montagem e sempre que possível, com material de baixo custo e fácil obtenção.

Para este primeiro projeto usamos um misto de materiais para a construção da estrutura. Vários itens da Modelix (rodas, barras, conectores, parafusos e porcas), cartões de PVC  usados, papel cartão, cola, tinta de artesanato, etc.  O material usado foi o que estava em mãos e são apenas uma referência. Veja também outros materiais como Lego, K’Nex e Meccano.

O material eletrônico:

  • um placa compatível com o Arduino Duemilaenove
  • um motor shield da Flamingo EDA (adquirido através do e-bay)
  • um ultra sonic sensor da SeeedStudio
  • dois motores DC de 12 volts da Multcomercial
  • um ball caster da DFRobot
  • um servo motor TG9 do Mercado Livre
  • uma bateria de 12V da DX

Funcionamento

O algoritmo é simples. O programa faz a leitura do sensor ultra-sônico e se a distância medida do objeto for menor que a ajustada, movimenta o servo para esquerda, centro e direita do robô, caso contrário, movimenta o robô a frente.  Em cada movimento (esquerda, centro e direita) faz a leitura da distância e armazena este valor. O programa então seleciona a maior distância e movimenta o motor para esta posição e tudo se repete.

Montagem

Nas imagens a seguir é mostrado alguns passos da montagem.

Obs. as imagens estão com maior resolução do que as mostradas abaixo. Clique com o botão direito do mouse na imagem e selecione “abrir em nova guia” ou algo semelhante.

uma parte do material utilizado
uma parte do material utilizado

O suporte do servo também foi confeccionado com um cartão de PVC e algumas tiras de metal Modelix

montagem do suporte do servo
montagem do suporte do servo

Motor fixado no suporte de cartão PVC  já cortado e pintado. O ball caster foi quase na medida 🙂

fixação do motor e ball caster
fixação do motor e ball caster

Montagem do chassi com várias tiras Modelix. A bateria foi fixada com fita adesiva dupla face.

robot01_construcao_04

A base para o circuito e para as conexões auxiliares foram confeccionadas com papel cartão (papel que vem no verso de fascículos).  Foram coladas 3 a 5 folhas. Ótima resistência mecânica. Só não resiste a uma chuva 🙁

material auxilar
material auxilar

A primeira versão pronta!

aspecto final da montagem
aspecto final da montagem

“What’s Hot” 🙂

  • o uso de um shield para controle dos motores facilita muito as conexões. Vejam que ficou poucos fios “voando” pelo protótipo

“What’s Not” 🙁

  • o uso do shield impossibilitou o uso da biblioteca servo.h – conflito no uso dos pinos.
  • problema até agora encontrado com relação ao movimento do robô: a altura do sensor ultra-sônico – nem baixa para evitar tropeços e nem alta para evitar bater o circuito (vejam na imagem acima, inferior esquerda)

O vídeo

O protótipo está de volta a oficina para novas implementações. Aguardem!

kits Tamiya

Olá amigos do EADuino, algum tempo atrás, comprei em um site bem legal chamado “Pololu” (www.pololu.com), três kits da marca japonesa TAMIYA, famosa por seus artigos para hobistas, que podem nos ajudar bastante a confeccionar as partes mecânicas de nossos protótipos.

Continue lendo “kits Tamiya”